Aguarde...
Você ganha +5% de desconto pagando com Boleto Bancário

Silimarina 240mg 30caps

  • Imagem 1
()
 
Por apenas
R$69,00
 
 
Compartilhe:
Marca:
Conteúdo:
30 Caps
Disponibilidade:
Pronta Entrega
Custo do Frete:
Calcular ao Comprar
Quantidade:
  (Em Estoque: )


Descrição do produto

São muitas as discussões sobre a Silimarina, devido a sua função hepatotóxica muitos usam durante o ciclo e outros usam na TPC. Afinal, qual é a melhor hora de usar a Silimarina e porque? Vamos saber disso nesse documento que disponibilizo de forma prática a desenvolvido partir de uma pesquisa intensa.

A Silimarina é derivada do Cardo-Mariano, uma planta, que por sua vez tem as mesmas funções hepato-protetoras, porém com alguns colaterais a mais indesejados, por isso a Silimarina foi retirada dessa planta e isolada para ter sua eficácia maior.

Antes de mais nada vamos destruir algumas idéias erradas a respeito da Silimarina.

SILIMARINA É PLACEBO ?
Essa é sem dúvida uma das piores afirmações que podem ser feitas a respeito dessa substância, certamente ela não é placebo, é muito comum esse tipo de comentário exatamente porque o fígado é um orgão que sofre quieto, ou seja, para você sentir dor naquela região é porque você provavelmente já está pedindo para morrer, antes disso o fígado fica totalmente lesionado e os sintomas sentidos geralmente são o amarelamento da pele e dos olhos, para então a sofrer as complicações de uma hepatite medicamentosa.
Silimarina não é Placebo, ela tem seus efeitos comprovados por diversas pesquisas, não só em ratos mas também em humanos, comprovados são seus efeitos hepato-protetores e seus benefícios ao fígado no auxílio a sua regeneração.

Para que o texto não fique longo eu reduzi a pesquisa somente a aquilo que tem de mais interessante e pertinente a quem faz uso da Silimarina nos ciclos.

A SILIMARINA é derivada da SILYBUM MARIANUN ou pelo seu nome popular CARDO-MARIANO

 

Na natureza existe uma planta especial chamada Silybum marianum ou cardo-mariano, que é a resposta da natureza ao bombardeio constante das substâncias tóxicas ao nosso organismo, devido à vida moderna. Ela contem uma mistura de três flavanoligninas que juntas são chamadas de silimarina. A concentração de silimarina é mais alta no fruto, mas também é encontrada nas sementes e folhas.

O efeito da silimarina na prevenção da destruição do fígado e ampliação de sua função relaciona-se grandemente com sua capacidade de inibir os fatores responsáveis pelo dano hepático, isto é, radicais livres e leucotrienos, acoplados com uma habilidade de estimular a síntese de proteína hepática (talvez o efeito mais interessante dos componentes do silibo sobre o fígado).O resultado é um aumento na produção de novas células hepáticas apara substituir as danificadas. Isso demonstra que a silimarina exerce um efeito protetor e restaurador sobre o fígado.

AÇÃO ANTIOXIDANTE

A silimarina impede o dano dos radicais livres atuando como antioxidante e é muitas vezes mais potente na atividade antioxidante do que a vitamina E. A silimarina não só impede a depleção de glutationa (GSH) induzida pelo álcool e outras toxinas hepáticas, mas demonstrou-se que aumenta GSH basal do fígado. Isso é extremamente útil quando a exposição a substâncias tóxicas é alta, devido ao papel vital da glutationa nas reações de desintoxicação.

Na Europa o cardo-mariano é um medicamento fitoterápico popular confirmado por provas científicas sólidas de como é possível evitar e reverter os danos ao fígado, regenerando as suas células e grandes áreas do tecido hepático. Grande parte das pesquisas tem sido feita na Alemanha, onde ela tem apoio do governo como tratamento complementar de inflamações hepáticas crônicas e cirrose.

O QUE É O CARDO-MARIANO?

O cardo-mariano é uma praga, um cardo coberto por uma floresta arroxeada e espinhosa e suas sementes são repletas de grandes benefícios farmacológicos para o fígado.

Na década de 1970, pesquisadores alemães da Universidade de Munique confirmaram a longa reputação do cardo-mariano como medicamento popular para o fígado ao identificar os agentes farmacológicos protetores do fígado nas suas sementes ou nos frutos de sua flor, até mesmo, detalhar a sua forma de ação contra as toxinas conhecidas como mais letais ao fígado.



QUAIS SÃO AS PROVAS?

Em uma série de pesquisas importantes, esses pesquisadores demonstraram que, quando os ratos eram alimentados com uma substância química de ação prolongada que destruía o fígado, 100% desses animais morriam em 130 dias, mas, quando recebiam simultaneamente o cardo-mariano, 70% deles sobreviviam.

Desde então, mais de duzentos estudos experimentais e clínicos revelam que o cardo-mariano é uma terapia eficaz para várias hepatopatias, inclusive fígado gorduroso-bastante comum até em consumidores moderados de álcool – hepatite aguda e crônica, danos provocados por medicamentos e exposição a substâncias químicas tóxicas e, até mesmo, cirrose avançada, geralmente irreversível e para a qual poucos medicamentos farmacêuticos conseguem algum resultado, além de casos de inflamação do duto biliar.



COMO FUNCIONA?

Os componentes ativos do cardo-mariano são um complexo de bioflavonóides antioxidantes, que são conhecidos como silimarina. Esse complexo antioxidante único exerce o seu poder curativo ao evitar danos às células hepáticas saudáveis e, simultaneamente ao estimular a regeneração daquelas células já prejudicadas, de acordo com amplas pesquisas realizadas.

Especificamente, a silimarina monta guarda nos sítios receptores externos das células, impedindo que as toxinas quebrem as membranas celulares adiposas e penetrem nas células. Ela também neutraliza as substâncias tóxicas que conseguem penetrar nas células.

Ademais, ela tem a capacidade única de estimular a síntese de proteína nas células do fígado pelo aumento da atividade genética (DNA e RNA). Isso, na verdade, ajuda a regenerar as células danificadas. O cardo-mariano também aumenta as outras defesas antioxidantes nas células hepáticas para neutralizar os invasores tóxicos. Por exemplo, um dos antioxidantes mais potentes do corpo humano é uma substância altamente desintoxicante do sangue - a glutationa.

Em seres humanos saudáveis, a silimarina aumentou as concentrações de glutationa no sangue em 35%.

O cardo-mariano também aumenta a ação de um outro antioxidante potente, a superóxido dismutase, nas células daquelas pessoas que tenham hepatopatias. É interessante observar que esse antioxidante parece ter sido feito especialmente para combater o tipo de radical livre prejudicial gerado pelo álcool no fígado.

 

Dessa forma quando for pensar em ciclar (principalmente com o uso de drogas 17AA) use a Silimarina antes caso saiba que teu fígado não está lá grandes coisas, e tenha um intervalo dela até o AES de pelo menos 15 dias, tempo suficiente para o desenvolvimento total das células que possivelmente poderiam estar danificadas, quer seja pela estupidez feita por você usando alcool ou resquício de um ciclo antigo que ainda tenha deixado alguma lesão.

E após o ciclo faça o uso da silimarina obviamente depois da meia vida da droga, vc não quer combater o finalzinha do efeito dela quer? Assim sendo, pode a Silimarina ser incluída no TPC numa boa, é até ideal, sendo ela um TPC do fígado.


Outros Detalhes

Conteúdo:
30 Caps

Veja mais produtos desta categoria


Escreva seu próprio comentário para o produto

Comentários

Este produto não recebeu nenhum comentário até agora.
Seja o primeiro!

Parcelas no Cartão

Produtos em Vista

Clique no botão abaixo para adicionar Silimarina 240mg 30caps na sua lista de produtos em vista.

Produtos relacionados

Você visualizou recentemente...